Image by Kim Becker

Iniciativas

Ações iniciadas pelo Cãodeirante e suporte há outras já existentes.

Apadrinhamento - Lúcio

Lúcio foi atropelado no final de 2019 e ficou paraplégico. Após realizar cirurgia na coluna, fomos procurados pela pessoa que o resgatou, que estava pedindo ajuda com orientações. Apadrinhamos o Lúcio e bancamos a fisioterapia dele por 6 meses, até estar praticamente voltando a andar.

Resgate e apadrinhamento - Mara

Recebemos um pedido de ajuda por outro projeto que havia resgatado uma cachorrinha especial que passou dois anos na corrente em uma oficina mecânica, depois de ter sido atropelada. Atualmente o Projeto Cãodeirante arca com os custos de hospedagem e tratamento com acupuntura e ozônioterapia

Apadrinhamento - Bruninha

Bruninha foi atropelada por um ônibus e sofreu fratura total da coluna. Foi submetida a três cirurgias em 10 dias. A pessoa que resgatou Bruninha nos procurou e apadrinhamos Bruninha para que pudesse fazer tratamento com acupuntura e ozônio. Atualmente Bruninha está muito bem de saúde.

Adoção - Suricata

Suricata, uma tripé que foi deixada em um abrigo com as patas da frente muito machucadas. Uma das patas teve de ser amputada e a outra mantiveram. Por ser uma tripé, demorou para conseguir um lar. Após divulgarmos bastante, conseguimos uma família maravilhosa para ela.

Cirurgia e fisioterapia - Suricata

Assim que foi adotada, descobriu-se que ela não apoiava a única patinha da frente por conta de uma lesão na pata que não tinha tido intervenção e que precisaria de uma placa de artrodese para que pudesse andar sem dor. Fizemos campanha de arrecadação e conseguimos pagar a cirurgia e a fisioterapia da Suri. 

Resgate e apadrinhamento - Liz

Soubemos de uma filhote deficiente que fora a única dentre os filhotes que haviam sido tirados da rua que não tinham conseguido um lar. A pessoa que estava com ela e doou os outros filhotes não poderia mais manter ela. Em parceria com o Projeto Amigos do Chico, conseguimos um lar temporário pra ela e iniciamos a investigação dos motivos da paralisia.

Doação de cadeira de rodas - Lúcio

Lúcio foi atropelado no final de 2019 e ficou paraplégico. Após realizar cirurgia na coluna, iniciou fisioterapia pelo Projeto Cãodeirante. Compramos a cadeira de rodas do Lúcio para ajudar em sua reabilitação. Atualmente Lúcio está quase voltando a andar. 

Tratamento e fisioterapia - Liz

Com o grande apoio do Projeto Amigos do Chico, iniciou-se a busca do diagnóstico e através de exames, constatou-se cinomose. Demos início ao tratamento da Liz, que durou algumas semanas. Essa guerreirinha superou a cinomose e pôde iniciar a fisioterapia semanalmente, enquanto divulgávamos sua adoção.

Apadrinhamento - Tutu

Tutu foi resgatado por uma ONG depois de ter sido atropelado e passou um período longo no abrigo. Em 2017 ele conseguiu um lar definitivo e pôde iniciar sua fisioterapia. Porém, a tutora não pôde mais pagar pela fisioterapia. Soubemos do caso do Tutu e decidimos ajudá-lo a poder ter chances de voltar a andar. Conseguimos custear a fisioterapia do Tutu duas vezes na semana. 

Doação de cadeira de rodas - Duke

Duke passou mais de dois anos esperando por um lar, até que conseguiu achar sua família definitiva. Ele ganhou uma cadeira de rodas de doação, porém Duke estava com medo de passear e a cadeira estava pesada para ele. Decidimos iniciar uma campanha de arrecadação para comprar uma cadeirinha nova e atingimos a meta em menos de 6 horas. Hoje Duke está passeando feliz da vida. 

Adoção - Mulan

Após pedido de ajuda de um abrigo, iniciamos a divulgação de uma filhotinha que nascera deficiente. Em menos de um dia conseguimos um lar definitivo pra ela, levamos ao novo lar. Mulan passou pela avaliação de fisioterapia, custeada pelo Projeto Cãodeirante, e em breve terá de passar por cirurgia devido ao diagnóstico de rotação de patela grau 4 em ambas patinhas de trás. 

©2020 por Giovanna Perdomo de Castro Paulo

Todos os direitos reservados

  • Branco Facebook Ícone
  • White Instagram Icon
  • Branca ícone do YouTube

Instituto Cãodeirante