Apadrinhe um Pet!

Apadrinhe um animal especial que precisa de ajuda e colabore com a causa pelo PicPay.

Conheça aqui nossos afilhados e contribua:

Lúcio

Lúcio foi atropelado em dezembro de 2019 e resgatado por uma pessoa que o viu sendo atropelado. Foi submetido à cirurgia e passou por um processo de recuperação. Neste período, a pessoa que o resgatou e estava dando lar temporário foi conquistada pelo jeito mais meigo de ser do Lúcio e decidiu adotá-lo de vez. Hoje Lúcio é parte da família. Agora está fazendo fisioterapia e tem boas perspectivas de voltar a andar. 

Suricata

Suricata foi deixada na porta de uma ONG, com as duas patas da frente muito machucadas. Não sabiam se tinha sido atropelada ou se tinha sido vítima de maus tratos. Teve de amputar uma das patinhas e ficou no abrigo se recuperando por alguns meses. Recentemente ganhou um lar, mas o que ninguém esperava é que ela sentia muita dor na patinha e na coluna. Após raio-x e avaliação, foi constatado que terá que operar a patinha para viver sem dor e ter qualidade de vida. 

Mara.jpeg
Mara

Mara foi resgatada após ter sido atropelada e ficou em uma oficina mecânica, onde ficava acorrentada para não se arrastar. Foi tirada da oficina mecânica anos depois, onde começou a ter um tratamento mais cuidadoso. Teve de amputar uma das patinhas, que estava necrosada. Hoje Mara está fazendo tratamento para infecção urinária com ozônio e está em uma hospedagem.

Liz

Liz foi encontrada em Curitiba com a mãe e os irmãozinhos, todos abandonados. Irmãozinhos e a mãe conseguiram encontrar um lar definitivo, mas a Liz foi a única que não conseguiu, por ter uma deficiência nas patas traseiras a esclarecer. Foi neste momento que, em conjunto com o projeto Amigos do Chico, resgatamos a Liz. Ela foi para uma hospedagem e conseguimos acompanhamento veterinário para ela. Após realizados exames, foi diagnosticada cinomose. Está em tratamento e em breve poderá ir para um novo lar.

Bruninha

Bruninha foi resgatada no dia 04 de abril, após ter sido atropelada por um ônibus. Ela dormia entre a calçada e a rua quando o veículo passou por cima. Mesmo assim, conseguiu ir se arrastando até encontrar moradores da região que a resgataram. Bruninha sofreu fratura total na coluna e foi submetida a três cirurgias em um intervalo de dez dias. Agora, precisa de acupuntura e ozônioterapia.

Tutu

Tutu foi atropelado e ficou em um abrigo até ser adotado em 2017 por uma pessoa iluminada chamada Flávia. Iniciou a fisioterapia em seguida da adoção, que o ajudou a fortalecer a musculatura. Depois de um tempo, a tutora perdeu o emprego e não conseguiu mais pagar a fisio dele. Soubemos da história desse amor gigante com o Tutu e decidimos apadrinhá-lo, para que ele tenha chances de voltar a andar. Ele tem bastante estímulo nas patinhas e com a fisio agora terá grandes chances de ter uma melhor qualidade de vida andando normalmente!

©2020 por Giovanna Perdomo de Castro Paulo

Todos os direitos reservados

  • Branco Facebook Ícone
  • White Instagram Icon
  • Branca ícone do YouTube