Conheça a nossa história

Em 2016, Marrom foi levado do abrigo para o lar temporário, de onde nunca mais saiu e acabou virando membro da família. Sua atual dona, fundadora do Projeto Cãodeirante, aos poucos foi entendendo que ele não fazia xixi sozinho, mas na verdade a bexiga ficava tão cheia que o xixi ia vazando ao longo do dia. A partir daí, as dúvidas começaram a surgir: "Preciso ajudá-lo a fazer xixi?",  "Como esvaziar a bexiga?", "Me disseram que ele faz cocô sozinho, será?",  Por quê o xixi está com cheiro tão forte?", "Posso machucá-lo se apertar demais?".


Estas foram algumas das primeiras perguntas e que pouquíssimos veterinários conseguiram orientar. Notamos uma carência enorme de informações sobre os cuidados com animais especiais. Até aprender a esvaziar a bexiga, foi uma jornada muito solitária. Muitos veterinários não souberam nos ensinar. Passamos por dificuldades e erros que, se tivéssemos um meio informativo onde pudéssemos nos basear para um tratamento melhor e focado em um animal cadeirante, talvez pudessem ter sido evitados. 


A ideia do Projeto Cãodeirante nasceu não só como espaço informativo, sobre os cuidados com animais cadeirantes, mas visando contribuir ativamente com o tratamento de outros animais, além de promover ações de conscientização! 


Contribuindo com o Projeto Cãodeirante, você estará ajudando com o tratamento  afilhados que se beneficiam de tratamentos como fisioterapia, acupuntura e ozônioterapia.

Marrom

Marrom é um vira-lata de mais ou menos oito anos de idade. Foi encontrado na Rodovia Raposo Tavares, próximo a cidade de São Paulo, após ser vítima de um atropelamento. Como consequência do acidente, tornou-se paraplégico. Foi resgatado pela ONG Vira-Lata é Dez, onde viveu por quase três anos. Foi lá que Sophia Porto, psicóloga, conheceu o peludo durante suas atividades como voluntária.

Sophia criou o perfil do Marrom no Instagram, mostrando o dia-a-dia de seu cão e também para inspirar padrinhos e adotantes a uma adoção responsável de animais, além de dar acesso a planilha com todos os gastos com lenços, fraldas e terapias.

 

Marrom tem uma rotina de atividades como massagens para esvaziar bexiga e o intestino, cujos movimentos voluntários foram comprometidos desde o atropelamento. E apesar de tudo isso, está sempre sorridente e falante também.

 

Nossa Equipe

Nosso time é composto por idealistas, otimistas e amantes dos bichos, principalmente cachorros. Apaixonados pelo que fazem e comprometidos com a causa animal! Conheça-nos:

Marrom Cãodeirante

CEO

Presidente Executivo

Sophia

COO

Diretora Operacional

Giovanna Perdomo

CMO / CPO

Diretora de Marketing

Diretora de Produtos

Pipa Tripé

CDO

Diretora de Diversidade

Andressa Couto

CRM

Gestão de Relacionamento com o Cliente

  • Facebook ícone social
  • Instagram

©2020 por Giovanna Perdomo de Castro Paulo

  • Branco Facebook Ícone
  • White Instagram Icon