4 alergias mais comuns nos pets e como tratar


As alergias podem ser um enorme incomodo para os animais. Coceiras, queda de pelo, feridas e inflamações são apenas alguns dos sintomas que as reações alérgicas podem causar. Hoje, a luta para descobrir o gatilho e como tratá-lo, é um dos principais motivos das idas ao veterinário, e a resposta pode ter inúmeras possibilidades.


As reações alérgicas nada mais são do que uma resposta do sistema imunológico a algo que geralmente é inofensivo para outros animais, até mesmo os da mesma raça ou família. Essas reações são causadas por fatores externos que entram no sistema e provocam diferentes tipos de respostas. Em sua grande maioria, o primeiro sinal de alerta é sempre a coceira excessiva e irritabilidade em algumas regiões do corpo.


Entenda quais os 4 tipos e alergias mais comuns entre os cachorros e quais os tratamentos.


1- Dermatite Atópica – A mais recorrente em animais, a atopia é uma condição genética que surge a partir de substâncias diversas presentes no meio ambiente. Nestes casos é necessário entender qual a verdadeira causa da patologia, como por exemplo fungos e bactérias. Quando atacada, este tipo de alergia pode causar vermelhidão, coceira em excesso e até mesmo otite de repetição.

Apesar de ser uma doença que não tem cura, pode ser tratada e controlada com medicação constante, cuidados diários e tratamento integrativo.


2- Insetos – O contato dos cães com diversos tipos de insetos é maior e mais direto do que o dos humanos. Em alguns casos, cães com pulgas, carrapatos e outros parasitas, podem apresentar manchas pelo corpo e inquietude. Reações mais acentuadas e graves do que nos demais animais. Nestes casos, o tratamento deve ser feito com antipulgas ou carrapaticidas no momento de inflamação, além de um cuidado constante com o meio em que o animal vive.


3- Alergia Alimentar – Nestes casos, alguns alimentos podem causar reações mais graves e inchaço na face do animal quase que instantaneamente ao serem ingeridos. Isso pode acontecer com diferentes tipos de ração e até determinados alimentos naturais. Para o tratamento e prevenção são necessários alguns exames que determinem a exata causa da alergia e, a partir de então, começar uma dieta de restrição alimentar.


4- Alergia Tópica – A pele dos animais costuma ser ainda mais sensível do que a dos humanos, por isso, alguns cães podem apresentar alergias à substância que usamos dentro de casa como produtos de limpeza. Ao ter contato com esses produtos, o pet pode ficar com as patinhas e a região da barriga bem irritados, então ele começa a coçar bastante e as feridas aparecem. Uma ótima saída é utilizar produtos recomendados e desenvolvidos para pets, principalmente nas áreas onde o animalzinho costuma ficar.

Vale sempre lembrar que o tutor deve ficar de olho e investigar qualquer mudança de comportamento do seu pet. Em alguns casos, os sintomas de alergia podem ser mais leves e difíceis de identificar.. Marcas vermelhas e coceira em excesso são sempre um sinal de alerta. Nenhuma informação na internet substitui consultas veterinárias. Sempre procure um profissional caso identifique qualquer sintoma no seu pet.

16 visualizações

Posts recentes

Ver tudo