7 alimentos extremamente prejudiciais para os pets


Sabemos muito bem que ser tutor de pet não é fácil. Aquelas carinhas fofas que eles fazem são capazes de tirar qualquer coisa de nós, não é mesmo? Porém, na hora da alimentação é muito importante ser duro e não ceder. Muitos alimentos são estritamente proibidos para os pets e quando ingeridos podem causar sérios danos à saúde do animal.


Mesmo que alguns alimentos tragam inúmeros benefícios para nós, humanos, e sejam extremamente saborosos, é necessário entender que o sistema digestivo dos animais é diferente dos nossos. Alimentos como o chocolate são tóxicos para os cachorros podendo levar até mesmo à morte do animal. Por isso, fique atento aos 7 alimentos PROIBIDOS PARA O SEU PET.


1- Chocolate

O chocolate pode até parecer uma boa recompensa, porém, a cafeína e a teobromina encontrada na sobremesa podem ser letais para o animal. Quanto mais amargo e com maior porcentagem de cacau, mais perigoso. Ingerir este alimento pode causar vômitos, aumento da frequência respiratória, irritações e até dores abdominais. Nos piores casos o chocolate pode levar à convulsões e até à morte.

2- Ossos cozidos

Algumas pessoas têm o costume de retirar os ossos dos alimentos e oferecer ao pet. Essa prática representa diversos riscos para a saúde do seu melhor amigo. Ao serem mordidos, os ossos cozidos tendem a se fragmentar e desta forma, causar sérias perfurações no aparelho digestivo do animal. Já os ossos crus (não cozidos), são adequados e bons tanto como nutrientes quanto para os dentes do seu cão.


3- Alho e cebola

Mesmo quando usados como tempero ou até mesmo cru, o alho e a cebola não devem ser ingeridos pelos pets. Ambos são capazes de destruir os glóbulos vermelhos do animal, sendo altamente tóxicos e auxiliando no desenvolvimento de anemias e dano aos ruins. Ao ingerir estes alimentos, seu pet pode apresentar sintomas como fraqueza, dor de estômago e sangue na urina.


4- Abacate

Quase todas as partes do abacate são consideradas prejudiciais aos pets. Tanto a casca como a polpa possuem toxinas que contém uma substância chamada persina que afeta de forma negativa o sistema nervoso dos animais, provocando vômitos e diarreia. Além do caroço, que apresenta risco de sufocamento. Para esses animais de estimação, o alto teor de gordura do abacate pode causar dores de estômago, vômitos e, eventualmente, pancreatite (inflamação do pâncreas).


5- Uva

A uva, assim como outras frutas cristalizadas, possui substâncias que afetam diretamente o sistema digestivo do animal. Além disso, sucos com a fruta ou até mesmo a ingestão da polpa em alta quantidade pode causar insuficiência renal, insuficiência hepática, vômito, diarreia e em alguns casos, até a morte.


6- Cafeína

O mesmo efeito causado em nós, humanos, pode ser desencadeado no animal, porém, em grande escala. Ao ingerir qualquer líquido ou alimento com cafeína, inicia-se a estimulação do sistema nervoso central do animal, podendo causar aceleração do coração, ataques cardíacos e até mesmo a morte.


7- Sorvetes e laticínios

O sorvete é composto por diversos alimentos que são tóxicos para os animais, como o chocolate, leite e até mesmo o açúcar. Essa junção de alimentos pode afetar diversas partes do sistema canino, gerando infecções, vômitos e dores abdominais. No calor, opte por gelos e frutas sem caroços (as que são permitidas) para refrescar o seu pet.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
410199-PD8Q59-641.png