Adotar um SRD


Adotar um pet SRD (Sem Raça Definida), o famoso vira-lata é um ato de puro amor!

Tirar da rua um animal que poderia não ter nenhuma chance de ser feliz e de conhecer o aconchego de um lar é, definitivamente, mais gratificante para nós humanos, pois recebemos uma gratidão e um carinho sem explicação.

Mas quando pensamos em adotar, surgem na cabeça muitas dúvidas: De que tamanho vai ficar? Será que vai ser bravo? Será que vai destruir a casa? Vai latir muito? Será que vai se dar bem com os outros animais da casa?

Sim, são perguntas que só o tempo dirá. Não é possível saber algumas respostas sem o histórico dos pais. E outras, nem mesmo com o histórico dos pais.

A dica do Cãodeirante para você que está pensando em fazer uma adoção, é que tenha PACIÊNCIA e acima de tudo, VONTADE de ensinar.

Os cães de rua geralmente tem uma maior pré-disposição para aprender. Eles sabem o que é ser abandonados. Eles sabe o que é passar fome e frio. Eles sabem o que é sofrer. Então, vão fazer DE TUDO para agradar sua família, quando descobrirem que tudo pode ser diferente.

Prepare a casa com brinquedos, ossinhos e itens que possam ser mastigados na fase da troca dos dentes.

Ensine desde o primeiro dia onde ele deve fazer o xixi e cocô. Seja firme e parabenize quando ele acertar. O reforço positivo faz milagres.

Defina qual a área da casa é o lugar dele e ensine que dali ele não pode passar.

Dê o amor que ele precisa! Um filhote pode dar bastante trabalho. Tenha essa consciência!

Mas você não precisa adotar um filhote, para a adoção não tem idade, só muito amor!

E JAMAIS o abandone novamente. Você terá um amor leal para todos os minutos da sua vida!

5 visualizações

©2020 por Giovanna Perdomo de Castro Paulo

Todos os direitos reservados

  • Branco Facebook Ícone
  • White Instagram Icon
  • Branca ícone do YouTube

Instituto Cãodeirante

410199-PD8Q59-641.png